Oi gente, tudo bom? Hoje eu vim com um post diferente dos outros, hoje eu vim falar um pouco sobre a escritora Agatha Christie, que ultimamente vem me cativando cada vez mais com as suas obras.
Agatha Mary Clarissa Christie, conhecida como Agatha Christie, nasceu na Inglaterra no dia 15 de setembro de 1890. Foi uma escritora britânica que atuou como romancista, contista, dramaturga e poetisa.  Se destacou no subgênero romance policial, tendo ganho popularmente, em vida, a alcunha de "Rainha/Dama do Crime" ("Queen/Lady of Crime", no original em inglês). Durante sua carreira, publicou mais de oitenta livros.
Segundo o Guiness Book, Christie é a romancista mais bem sucedida da história da literatura popular mundial em número total de livros vendidos, uma vez que suas obras, juntas, venderam cerca de quatro bilhões de cópias ao longo dos séculos XX e XXI , cujos números totais só ficam atrás das obras vendidas do dramaturgo e poeta William Shakespeare e da Bíblia. As obras de Agatha Christie já foram traduzidas, em levantamento recente, para mais de 100 idiomas em todo o mundo. Seu livro mais vendido, Ten Little Niggers (publicado no Brasil como "E Não Sobrou Nenhum", ou "O Caso dos Dez Negrinhos", e em Portugal como "As Dez Figuras Negras"), de 1939, é também, com cerca de 100 milhões de cópias comercializadas em todo o globo, a obra de romance policial mais vendida da história, além de figurar na lista dos livros mais vendidos de todos os tempos, independentemente de seu gênero.
Em 1971, foi condecorada pela rainha do Reino Unido, Elizabeth II, com o título de Dama do Império Britânico, uma honra que consiste no equivalente feminino ao sir. No total, escreveu setenta e dois romances, sendo sessenta e seis deles do gênero romance policial e inúmeros contos, reunidos em quatorze coletâneas. É constantemente referida por seus emblemáticos personagens, incluindo o detetive belga Hercule Poirot e a idosa detetive amadora Jane Marple, ou Miss Marple.

Me emprestaram alguns livros dela e foi quando eu comecei a ler e não quis parar mais, estou no início apenas do livro, mas posso garantir que irei querer uma coleção de livros dela.
Agatha Christie Começou a escrever em 1916, escreveu o livro The Mysterious Affair at Styles e o livro foi publicado em 1920 pela editora Bodley Head, o livro vendeu cerca de 2.000 cópias, e olha que chegou a ser rejeitado por 6 editoras.
Agatha faleceu em 12 de janeiro de 1976 por conta de uma pneumonia.

Vocês sabem que eu não lia muito romance policial antes de conhecer os livros de James Patterson que me encantaram, mas vou dizer que ultimamente o que eu mais quero é ler romances policiais, principalmente da Agatha Christie!
Espero que vocês tenham gostado! Beijinhos e até a próxima.


                                                                               Paula.

Anime: Golden Time
Diretor:Yuyuko Takemiya
Ilustrador: Eji Komatsu
Episódios: 24
Avaliação: 4/5

Sinopse: "A trama gira em torno de Tada Banri, um calouro admitido em uma faculdade particular de Direito em Tokyo.
Na cerimônia de abertura ele se vê totalmente perdido ao chegar atrasado, mas logo ele encontra Yanagisawa Mitsuo, outro calouro que está tão perdido quanto ele, com quem acaba se dando bem. No mesmo dia, uma linda garota aparece na frente deles e bate em Mitsuo com um buquê de rosas. Trata-se de sua amiga de infância que é apaixonada por ele e o persegue, acreditando que irão cumprir a promessa de se casarem, feita quando crianças.
Mas a história não para por aí, nesse meio tempo Banri não só se apaixonará por Kaga Koko como revelará um doloroso segredo que o persegue por um ano, o qual impede que ele viva sua vida tranquilamente. Sombras do passado prometem atormentar nosso protagonista e agitar ainda mais essa interessante história."

Primeiramente, oi gente, tudo bom? Eu ainda não havia falado sobre animes no blog, e então decidi começar a falar de animes e mangás, acho que vai vai chamar bastante atenção e esses dias terminei de assistir a um que eu simplesmente me apaixonei e decidi querer mais uma temporada rsrs.
Golden time é um anime que te prende por horas e horas na frente do computador, e não te faz descansar até saber sobre o episódio seguinte.

O anime conta a história de Tada Banri que vai para a faculdade estudar direito em Tokyo. Mas ele não tem nenhum amigo em Tokyo, não sabe onde é a faculdade e tem muita dificuldade para fazer amigos. No entanto ele encontra Yanagisawa Mitsuo, que está na mesma situação que ele, assim os dois acabam se tornando amigos.


Mas Yanagisawa tem um pequeno probleminha- Kaga Koko, sua amiga de infância que insiste em persegui-lo e em conquistá-lo para ser sua namorada pois os dois se prometeram quando crianças que iriam casar no futuro.  Mas Yanagisawa não ama kaga Koko, mas do mesmo jeito, ela insiste em persegui-lo e vigiá-lo em tudo.

Tada Banri se apaixona por Kaga Koko, e Kaga Koko acaba se apaixonando por ele também, os dois começam a namorar e a se dar super bem, a fazer tudo juntos. Mas Tada esconde um passado trágico, e que acaba retornando a ele com o passar dos dias. Ele conhece Linda Senpai, que na verdade já o conhecia a muito tempo e que começa a recordar do passado junto com Tada.

Além do anime ser super romântico, ele envolve um pouco de drama que deixa tudo tão maravilhoso! Mas é óbvio que todo romance tem suas cenas engraçadas, e o anime também contém isso. Todo ele é surpreendente e eu fiquei horas e horas na frente do computador assistindo por que eu queria ver mais e mais, o anime prende a gente.

Um de seus pontos altos é a comédia que ameniza alguns detalhes dramáticos da série.
Os personagens são encantadores e muito engraçados, cada um com sua mania e história, que vai sendo revelada aos poucos com o passar dos episódios.
A história se passa na faculdade, porém sempre tinha impressão que ele ficava perdido entre o colegial e a vida adulta. Acho que o autor tentou fugir do clichê colegial que sempre está envolvente nos animes românticos. É um anime bem fofinho e quem gosta de fofuras vai adorar! rsrs.

Bom, espero que vocês tenham gostado e esperem mais resenhas de animes! Beijinhos e até a próxima.



                                                                            Paula.




Livro: Não se apega, não
Autor (a): Isabela Freitas
Editora: Intrínseca
Páginas: 256
Avaliação: 5/5

Sinopse: "Desapegar: remover da sua vida tudo que torne o seu coração mais pesado. Loucos são os que mantém relacionamentos por medo da solidão. Qual é o problema de ficar sozinha? Que me desculpe o criador da frase 'Você deve encontrar a metade da sua laranja' calma lá amigo. Eu nem gosto de laranja. O amor vem pros distraídos.
Tudo começa com um ponto final: A decisão de terminar o namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda a garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque, afinal de contas, eles formavam um casal PERF-FEI-TO! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor próprio, a autoconfiança e entrar com seus próprios desejos. Parece fácil, mas atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, das tentações de balada, e principalmente, entender que o   príncipe encantado é artigo em falta no mercado. 

Isabela Freitas em seu primeiro livro, narra os percalços vividos por sua personagem para encarar a vida e não se apegar ao que não presta, ainda assim, preservando seu lado romântico."


"Mudanças não precisam ser drásticas para significar alguma coisa".

Não se apega, não, conta a história de Isabela, uma moça de 23 anos que decide acabar com o seu relacionamento de dois anos com Gustavo. 

As amigas de Isabela ficam espantadas e pasmas com a decisão da amiga porque todos acham que eles fazem um casal lindo, um casal perfeito, um casal maravilhoso, entre esses comentários.

Mas Isabela não se sente a vontade e feliz ao lado de Gustavo, ela não quer viver um relacionamento que não faz bem para ela. 

Então de opinião formada e muito bem decidida, Isabela decide largar de vez o seu relacionamento. E agora tenta se readaptar a vida de solteira, estabilizar seus sentimentos e ser feliz por si mesma sem precisar ter um relacionamento pra isso. 

No livro, a blogueira aplica regras do desapego nas nossas vidas, Não ficar apegado por algo ou alguém por medo de ser abandonado. Podemos conviver e ser feliz com isso certo?!

O livro é super divertido e é legal saber que a história narrada é a história da escritora da obra. Ela conta todos os acontecimentos da sua vida de uma forma suave e deliciosa de se ler!

Eu logo coloquei os olhos no livro por causa do título "Não se apega, não" olhá só! Um livro que eu realmente precisava no momento em que coloquei os olhos nele, para aprender a desapegar e conseguir desapegar de coisas e pessoas que não me fazem bem e que não fazem com que eu me sinta agradável e a vontade com elas.

Eu lia os trechos, as páginas, tudo do livro e me identificava cada vez mais com a Isabela! Ria até sozinha as vezes de tão surpresa ao ver que nossos pensamentos são iguais, só espero que minha família não tenha pensado que eu fiquei maluca! Imagina! Rindo sozinha!



"Você deve primeiro aprender a ter êxito satisfazendo as suas necessidades para depois se relacionar com alguém. Só é feliz a dois quem já é feliz sozinho". 



Ao passar das páginas também conhecemos Amanda e Pedro que são os melhores amigos de Isabela e outros personagens como Thiago, Igor Tullon, seu primo super gato, amor platônico e recém solteiro, Evandro da Academia e claro, os pais de Isabela.
Este livro se tornou favoritado para mim! Agora estou tentando fazer com que algumas pessoas que eu conheço que são um pouco apegadas demais a lerem este livro e tenho certeza que o pensamento dela vai fluir, melhoras e elas aprenderam a desapegar.

Não tem como não gostar de uma história assim totalmente envolvente com a nossa realidade. O livros nos faz dar altas risadas, e é bom para animar o dia de qualquer pessoa.


                                                        Paula.

Livro: Cinderela Pop
Autor (a): Paula Pimenta
Editora: Galera
Páginas: 160
Avaliação:5/5 

Sinopse: "Cintia é uma princesa dos dias atuais: antenada, com opiniões próprias, decidida e adora música! Essa princesa pop morava com os pais em um castelo enorme de onde via toda a cidade. Todas as noites ela olhava pela janela, de onde ficava admirando a vista e sonhando... com um príncipe que ainda não conhecia.
Porém, um dia, o castelo de Cintia desmoronou e com ele tudo à sua volta. Desiludida, ela deixou de acreditar em romances e teve que reconstruir cada parte de sua vida, sem deixar o mínimo espaço para o amor. 
Ela só não contava com um detalhe... Havia mesmo um belo príncipe em sua história. E tudo o que ele mais queria era descongelar o coração da nossa gata (nada) borralheira!"

O livro é uma versão estendida do conto que a Paula Pimenta escreveu em "O livro das princesas".
O livro nos apresenta Cintia, uma garota que vê seu mundo desabar com a separação dos pais, fazendo com que a garota desacreditasse no amor por ter presenciado a traição de seu pai com a secretária. Totalmente decepcionada e com muita tristeza, Cintia vai morar com a tia, pois a mãe é arqueóloga e não fica um segundo em casa, então ela viaja por 3 anos para o Japão e Cintia fica com a tia, assim o seu pai leva a secretária e as duas filhas gêmeas para morarem com ele no seu apartamento.

A tia de Cintia, Helena, é uma ótima desenhista que a recebe com amor e carinho em sua casa um tanto bagunçada. Cintia então, consegue um emprego com o namorado de sua tia, como DJ, e é super profissional e consegue encantar o público. 
Mas Cintia recebe um convite para tocar em uma festa de 15 anos, mas o problema é que eram os 15 anos das irmãs postiças, as gêmeas, as "bruxinhas" como ela e sua tia costumavam chama-las, e Cintia estava sendo obrigada pelo pai a ir a festa, se não ele não iria tentar convencer a diretora da escola a abrir uma exceção para que Cintia conversasse por Skype com sua mãe no intervalo.

A Tia de Cintia consegue uma fantasia e uma máscara para usar como DJ, mas é claro, como odeia salto alto, ela não abandona o All Star, e para ficar de acordo com a fantasia, sua tia pinta alguns naipes de cartas no seu tênis. 
A garota então consegue ir a festa como DJ, e assim acaba conhecendo Frederico, um garoto que curte as mesmas coisas que ela, assim acaba se interessando intensamente pelo garoto de olhos azuis. Mas quando bate meia noite, a garota precisava trocar de roupa para mostrar a seu pai que realmente estava na festa, mas ele não podia saber que ela estava trabalhando como DJ, ou se não ela perderia o emprego e iria morar com o pai.

O que Cintia menos esperava era que o Frederico, menino simpático de olhos azuis pelo qual se interessou era o mesmo Fredy Prince, o "Príncipe das adolescentes" famoso e cobiçado pelas garotas. E então, será que Cintia consegue recuperar o seu All Star perdido e falar para Frederico que realmente gosta dele? Só lendo pra saber né!

" Cinderela Pop... Nem tive a chance de me despedir. Você realmente desapareceu as doze badaladas".


O livro é realmente FANTÁSTICO! Adorei, amei, gostei de tudo que a Paula Pimenta abordou para nossa nova Cinderela. 
Adorei todos os personagens, e fiquei com um pouco de raiva da quela madrasta má, ela realmente era má! De verdade!

Pretendo ler agora Princesa Adormecida, oh céus, quantos livros pretendo ler dela! Eu simplesmente amei a escrita da Paula Pimenta, Eu ainda não conhecia nenhuma obra dela, não havia lido nenhum livro dela, apenas ouvia falar de Fazendo meu filme, e lia algumas resenhas que só comentavam coisas boas e não pude me conter em comprar um livro dela, peguei o da Cinderela Pop por que me despertou bastante atenção (a capa!) e também por que a Cinderela é uma das minhas princesas favoritas, além de A bela e a Fera.

"Como se fossem quadrinhos em preto e branco, a animação contava a história de uma princesinha que, em vez de sapato alto, usava All Star, pois seus pés doíam muito se calçasse outro tipo de sapato. Um dia, ela conheceu um príncipe. E a vida dela ficou colorida".

Bom, o livro envolve qualquer leitor e todas as novas coisas adquiridas pela autora no conto da Cinderela ficaram maravilhosas! Se encaixaram perfeitamente! 



                                                    Paula.



Oi gente, tudo bom? Hoje eu finalmente fui ao evento tão esperado: Maravilhas do corpo humano Human Bodies.
É tudo muito divertido com uma ótima explicação dos especialistas e sim, é oficial que os corpos são reais, tudo neles é real em exceção dos olhos que são de vidro.
Os corpos para a exposição foram doados por chineses ainda em vida que assinaram um termo legal permitindo o uso dos corpos para a exposição.


Lá dentro é bem escuro e você acaba sentindo aquele arrepio de medo, "Vai criar vida e me pegar" Rsrs, eu pelo menos cheguei a pensar isso, aliás, sou muito medrosa.
Algumas coisas que não pode fazer lá dentro estão abaixo:


  • Consumir alimentos e bebidas
  • Fotografar
  • Filmar
  • Utilizar o celular
  • Carregar mochilas
  • Tocar nos corpos

Você pode circular pela galeria e visualizar as maravilhas do corpo humano, mas não pode tocar, corre riscos de quebrar alguma coisa. 
Como foi um passeio escolar eu paguei R$ 15,00, mas confira os preços abaixo para a família.



De segunda a sexta: 


3 pessoas- R$ 60,00
4 pessoas- R$ 80,00
5 pessoas- R$ 100,00


Finais de semana e feriados:

3 pessoas- R$ 75,00
4 pessoas- R$ 100,00
5 pessoas- R$ 125,00

Individual: De segunda a senta- Meia entrada- R$ 20,00/ Inteira- R$ 40,00

Finais de semana e feriados: Meia entrada- R$25,00/ Inteira- R$ 50,00

Localização: Shopping Iguatemi- Estacionamento Térreo do prédio garagem

Pude aproveitar e dar mais uma volta no shopping e óbvio que fui na saraiva comprar alguns livros rsrs <3
Bom, a exposição é muito legal e espero que vocês vão.


                                                                               
                                                                             Paula.

Oi gente tudo bom? Hoje eu vou divulgar um livro do escritor e organizador Mauricio R B Campos, vamos saber mais sobre o livro?

"A literatura de mistério e romance policial vem cativando leitores e escritores desde seu início no século XIX. Desde então autores do mundo inteiro criaram seus detetives particulares, nos quatro cantos do mundo. No Brasil, os detetives memoráveis que podemos citar são: Ed Mort, de Luis Fernando Veríssimo, Dick Peter, de Jerônimo Monteiro, Mandrake, de Rubem Fonseca, o Inspetor Pimentel (O Escaravelho do Diabo) de Lúcia Machado de Almeida, Adão Flores de Marcos Rey, o Bellini de Tony Bellotto, Ivan Canabrava (Bufo & Spallanzani), também de Rubem Fonseca e o Inspetor Espinosa de Luiz Alfredo Garcia-Roza.
Agora a Darda Editora propõe um jogo aos autores nacionais, que ciem histórias de detetives com a nossa cara, capazes de transmitir aos leitores, qual a marca dessa nova geração de escritores, gerados na web, não só conectados como ligados, no que rola ali na esquina ou do outro lado do mundo. Deixamos uma pista, para não dizer um lembrete, que uma boa história de detetives prescinde de detetives particulares e investigadores particulares: o belga Tintim era um jornalista, assim como o sueco Mikail Blomkvist; Sua parceria Lisbeth Salander era uma hacker, Scarpetta é uma médica-legista, etc."


Regulamento

1.O conto deverá estar dentro do tema proposto pelo organizador. Histórias de apologia ao crime e/ou suicídio serão rejeitadas;


2.É necessário que o conto seja inédito;

3.Cada participante só poderá concorrer com apenas 1 (um) conto;

4.Poderão participar autores residentes no país a partir de 16 anos;

5.O autor selecionado receberá via e-mail um contrato permitindo a publicação, divulgação e comercialização da sua obra;

6.O autor selecionado se compromete a pagar o valor único de R$ 50,00 (cinquenta reais), referente às despesas de publicação;

7.Cada autor selecionado receberá um exemplar do livro e estará ciente de que não haverá recebimento monetário de direito autoral. O texto é e sempre será do autor, podendo este fazer uso conforme sua vontade. Outros exemplares mais poderão ser comprados pelos autores a preço especial, por tempo determinado pela editora. Após esse tempo, será comprado por valor de capa;

8.Os textos deverão ser enviados em fonte Arial, tamanho 12, justificado, em espaçamento simples entre linhas. Deverão ocupar o máximo de quatro páginas, tamanho A4, todas as margens 2 cm, O autor deverá enviar um pequeno currículo de até 10 linhas, que será impresso no miolo;

9.As obras deverão ser encaminhadas com um título e nome do autor. Não serçao considerados os textos recebidos após a data limite;

10.As inscrições serão feitas mediante envio da obra, juntamente com a ficha de inscrição solicitada (via e-mail ou Facebook da editora) e preenchida , dardaeditora@gmail.com;

11.Após o envio do texto, não poderão ser feitas correções ou alterações na obra. Os textos serão revisados e publicados após a aprovação dos seus respectivos autores selecionados;

12.Todos os textos recebidos serão lidos e avaliados dentro do prazo determinado pela editora, e os nomes dos selecionados serão divulgados no site e através das redes sociais da Darda Editora.



Prazo:

Para enviar: 01/09/2015 até 01/11/2015

Divulgação dos selecionados: 10/11/2015
Publicação (previsão): Janeiro de 2016





Paula.

Tecnologia do Blogger.