Oi gente, tudo bem? Hoje eu vim falar sobre um livro que eu quero muito ler! Ainda não li, então só vou comentar um pouco dele aqui para vocês.
O livro fala sobre seres maravilhosas, encantadoras, que ninguém consegue viver sem rsrs, que somos nós! Mulheres! 

Eu ganhei tipo uns cartões que vem junto com o livro, mas ganhei apenas três por que não comprei o livro ainda, mas são lindos. A maioria deles fala que não devemos nos importar com o que os outros dizem. 
Sinopse do livro: " Em 2014, a ilustradora Carol Rossetti começou a desenhar mulheres diversas para testar seus lápis de cor. Nunca poderia imaginar que suas criações despretensiosas ganhariam o mundo e iriam viralizar na internet a ponto de se tornarem matéria na CNN.
Com um traço característico e frases inspiradoras, Carol quebrou tabus e espalhou uma mensagem que ecoou em mulheres do mundo todo: somos fortes, merecedoras de respeito e especiais do jeito que somos independentemente de opiniões e julgamentos alheios.
Agora, essa mensagem ganha o formato de livro e inclui textos sobre os temas centrais abordados em suas ilustrações, como corpo, estilo, identidade, relacionamentos e superação.
Com os direitos já vendidos também para Estados Unidos, Espanha e México, o trabalho da autora mineira questiona preconceitos e provoca reflexões profundas".

Já deu pra perceber que o livro parece ser super legal, interessante e que te encanta de primeira! Eu já estou encantada e olha que nem li o livro ainda! 
Além do livro ser bem legal por abordar um assunto como esse, que valoriza cada mulher, tem uns desenhos super lindos! Eu gosto bastante de desenhar, no meu instagram tem diversas fotos dos meus desenhos e eu achei isso muito legal! É um livro com bastante ilustração mas não é um livro infantil, do tipo que só tem ilustração e não tem nada de palavras, não há uma história por traz entendem? 

Bom gente, vou ler umas resenhas de quem já leu este livro por que eu realmente estou muito curiosa para saber a opinião das pessoas sobre este livro que eu já considero incrível! Quem já fez resenha do livro pode comentar ai em baixo que com certeza eu vou ir ler.

Beijos e até o próximo post!


                                                             Paula.

Série: The Vampire Diaries
Criado por: Kevin Williamson 
Com: Paul Wesley, Ian Somerhalder, Nina Dobrev, Candice Accola, Katerina Graham.
Ano: 2009
Gênero: Drama, Fantasia, Romance
Duração: Cada episódio dura 42 minutos.
Avaliação: 4/5

ATENÇÃO: Esta resenha pode conter spoiler! 

Sinopse: "A cidade fictícia de Mystic Falls, na Virgina, é assombrada por criaturas sobrenaturais. Damon (Ian Somerhalder) e Stefan Salvatore (Paul Wesley) são irmãos que ganharam a condição de vampiro e desde então procuram manter sua imortalidade em segredo. Ao mesmo tempo, buscam resistir à vontade de atacar seres humanos. Ambos conhecem Elena Gilbert (Nina Dobrev), uma linda e popular estudante, e logo se atraem por ela. No entanto, a jovem corresponde apenas um dos interessados, e estes iniciam uma disputa por sua alma".

Oi gente, tudo bem? Hoje eu vou falar sobre uma série que esta na minha lista de favoritos. A série é The Vampire Diaries que se baseia em dois irmãos, Damon Salvatore e Stefan Salvatore que são vampiros. Os dois irmãos tem uma pequena rivalidade pelo passado que se apaixonaram pela mesma mulher que no entanto escolheu um deles apenas, e no caso ela também era uma vampira.

Muitos e muitos e muitos (MUITOS MESMO!!) anos se passaram e eles voltam para a cidade de Mystic Falls. Stefan Salvatore começa a estudar na mesma escola que Elena Gilbert. Os irmãos Salvatore se apaixonam por Elena Gilbert e a história se repete, uma disputa interminável pelo coração da jovem, que é muito, muito, muito (muito mesmo!!) parecida (IGUAL!) a jovem do passado que também conquistou os irmãos Salvatore, mais conhecida como Katherine Pierce.


Eu amo essa série gente! E foi só esses dias que consegui por ela em dia por que são tantas séries que olha! 
Essa série é toda romântica, mas tem ação, fantasia e outras coisas que te fazem ficar presa a ela. É uma série bem divertida em alguns pontos e também é difícil parar de assisti-la não só pelo fato de ser uma série legal, mas também por que a cada episódio tem um "mistério" novo que no decorrer das temporadas é desvendados e você vai descobrindo outras coisas do mundo dos vampiros da série, claro.

Eu comecei a assistir essa série em fevereiro deste ano e atualizei ela agora. Eu estava gostando muito da série até a 5 temporada mas depois uma das personagens principais saiu, a Elena Gilbert (Nina Dobrev) e isso meio que tirou aquele tempero que a série tinha. Ultimamente também vejo notícias de que o Damom Salvatore (Ian Somerhalder) também vai sair e a Bonnie (Kat Graham) também! O que é uma série sem os seus personagens principais? 

Como toda boa série de romance, temos também os "bromance" : Stelena e Delena (de Stefan e Elena e Damon e Elena) eu claro, sou Delena!! por inúmeros motivos e pelo fato também deles terem ficados juntos.

Bom gente, espero que vocês tenham gostado da resenha da série, que comecem a acompanhar a série e me deem dicas de séries boas para eu começar assistir!
Beijos e até o próximo post!!


                                                      Paula.


Oi gente! Tudo bem? Hoje eu vou responder uma TAG que eu encontrei no blog da Carol Que tal, Carol?
É uma TAG baseada em responder perguntas sobre filme (sério? eu não sabia!), e é uma TAG muito legal que eu não resisti em mostrar aqui para vocês.


1. Qual foi o último filme que você assistiu? 

10 coisas que eu odeio em você. Eu adorei este filme, achei super fofo e eu ainda não tinha assistido apesar de fazer um tempinho que ele foi lançado.




2. Um filme que quer muito ver?

Guerra Civil!! Eu ainda não assisti gente :( Quero muito ver este filme, era o que eu mais esperava lançar no cinema e no fim nem fui ver ainda, to até aceitando uns spoilers por que vai ficar difícil ainda ir assistir.



3. Um filme para chorar?

O menino do pijama listrado. É um filme muito triste mesmo e todas as vezes que você for assistir se prepara com os lenços de papel por que todas as vezes você vai chorar.




4. Um filme para rir?

Se beber não case. Todos eles são bons, o um, o dois e o três. Eu gosto muito do dois, é o meu preferido, mas todos fazem você dar altas risadas.




5. Um suspense?

Os outros. É um filme um pouco tenebrosinho rsrs, mas é aquele filme que você pensa que vai acontecer alguma coisa mas acontece outra bem diferente.




6. Um filme para ver com a família?

Rio. É um filme livre (óbvio) e que faz toda família querer assistir junto, todo mundo gosta de um bom desenho não é?



7. Um romance?

A Última Música. É um filme fofo mas não muito meloso e aborda um assunto (em relação a pai e filha) que é difícil encontrar em outro filme.




8. Um filme lindo?

Se eu ficar. Eu acho esse filme lindo. Ele é triste também então poderia muito bem se encaixar na categoria de filme que te faz chorar, mas este filme é muito lindo e se você ainda não viu nem ouse perder mais tempo.




9. Um filme para morrer de medo?

Já mencionei diversas vezes aqui no blog que eu sou muito medrosa, então não assisto muito a filmes de terror, mas um que eu acho que é de arrepiar é O Massacre da Serra Elétrica (2013).




10. Um filme de ação?


Maze Runner, Correr ou Morrer. Adoro esse filme e uma boa dica para quem curte bastante filmes de ação.




11. Um filme que não vale a pena?

Annabelle. Eu assisti e mesmo sendo medrosa não tive medo, o filme não foi assustador e não apareceu cenas das quais eramos para ter medo. (Depois eu fiquei com medo sim, pois descobri que a boneca existe de fato e esta em um museu trancada em uma caixa de madeira e vidro.




12. Um filme para o feriado?

As Branquelas! Esse filme é muito engraçado e apesar de já ter assistido milhares de vezes eu nunca vou enjoar!




13. Um desenho animado?

Meu Malvado Favorito. Filme mais fofo, mais tudo gente! Adoro este desenho e to sempre assistindo, ta na minha lista de favoritados rsrs.




14. Um filme que todo mundo tem que ver?

Água para elefantes. Eu pensei em vários filmes para esta categoria, mas Água para elefantes é um filme maravilhosos que todos deveriam assistir.




15. Um filme que você assistiu 3 ou + vezes?

O Diário da Princesa. Esse filme é incrível! Não me enjoo nunca. É engraçado, romântico e tem a Anne hathaway! 




16. Um filme para meninas?

Meninas Malvadas. Esse filme é perfeito para " a noite das meninas" ou festa do pijama!! Adoro demais este filme. 



Bom gente, espero que vocês tenham gostado da TAG! Sintam-se a vontade para responde-la e quem responder pode comentar aqui no blog que eu vou querer ver quais filmes vocês selecionaram em!

Beijos e até o próximo post.


                                                            Paula.

Categorias:

Livro: Um Ano Inesquecível
Autor (a): Paula Pimenta, Babi Dewet, Bruna Vieira e Thalita Rebouças
Editora: Gutenberg
Páginas: 397
Avaliação: 5/5

Sinopse: " Dizem por aí que os melhores momentos da vida são vividos na juventude: os primeiros amores, os encontros, as festas, as viagens, as surpresas... E são sempre os instantes inesperados que transformam um dia comum em uma lembrança especial, daquelas que nunca nos deixam. 
Neste livro inesquecível você irá acompanhar uma viagem de inverno, um outono decisivo, uma paixão que nasce junto com a primavera e um intenso amor de verão. Paula Pimenta, Babi Dewet, Bruna Vieira e Thalita Rebouças nos levam através das quatro estações do ano e de quatro histórias que serão lembradas por uma vida inteira.


Oi gente! Tudo bem? Hoje eu vim com a resenha do livro Um Ano Inesquecível! Eu li este livro a alguns dias atrás mas demorei para fazer a resenha por que eu acabei me distraindo com outro livro hihihi. 

O livro tem quatro contos, o conto de inverno com o título Enquanto a Neve Cair da Paula Pimenta, O conto do outono com o título O Som Dos Sentimentos da Babi Dewet, o conto da primavera com o título A Matemática das Flores da Bruna Vieira e o conto de verão com o título Amor de Carnaval da Thalita Rebouças. 

Todos os contos inclui um romance, todos são lindos, todos são fofinhos, todos são demais, acho que me empolguei um pouco mas eu amei este livro, então essa resenha vai ser um pouco maior do que de costume por que eu vou falar um pouquinho de cada conto para vocês.

Enquanto a neve cair - Paula Pimenta


Vamos começar pelo conto da Paula Pimenta. Na verdade este conto foi o meu favorito, eu nunca me decepcionei com nenhum livro da Paula Pimenta, na realidade todos os livros dela superaram as minhas expectativas e esse conto merecia um livro só dele rsrs, 
O conto apresenta Mabel, uma menina de 14 anos que viaja para o chile (sem nenhuma vontade) com seus pais e com seu irmão mais novo. Ela não desgruda do celular por que não queria ir para a viagem pois uma de suas amigas ia dar uma festa no sítio e Mabel já estava com tudo programado quando veio a notícia da viagem inesperadamente. Ela vai emburrada mesmo para o Chile, mas tudo começa a mudar com o tempo.
É um conto bem divertido e bem romântico também, os personagens cativam o leitor e você não vai mais querer parar de ler este conto.


O Som dos sentimentos - Babi Dewet 


O Conto da Babi tem uma história que vai fazer você se derreter por completo. Eu ainda não tinha lido nada dela e depois de ler este conto dela eu vou querer ler outras obras dela. 
O conto apresenta Anna Júlia, uma menina que sonha em ser advogada (ou juíza), que está no último ano do ensino médio em meio a provas, vestibulares e Enem. O seu pai decidi colocá-la a fazer um estágio de advocacia em um escritório de um amigo, mas Anna não gostou muito, pois apesar de querer exercer esta profissão, ela não fazia nada em relação a advocacia no escritório. 
Todos os dias correndo na Paulista ela acaba conhecendo um músico que sempre toca perto da onde ela faz estágio e ela menos espera que aquele outono seria diferente e com um novo amor. Este conto é super fofo e bem romântico e me fez querer ler mais livros da Babi.


A matemática das flores - Bruna Vieira


O conto da Bruna Viera retrata algo que talvez já tenha acontecido com alguém e é mais possível que aconteça. 
O conto apresenta Jasmine, uma garota de 17 anos que está no seu último ano de ensino médio, mas está com muitas dificuldades em matemática. Com as notas super baixas o professor e a mãe dela decidem colocá-la em um reforço. Jasmine já tinha que aguentar as aulas chatas de seu professor, imagina um reforço! No seu primeiro dia de reforço ela pegou o metrô para ir e se deparou com um garoto que escutava uma música da qual ela queria muito descobrir qual era mas não deu o tempo. Quando chegou no reforço, o mesmo garoto da música desconhecida estava lá e adivinha? Ele quem iria dar as aulas de reforço para Jasmine, mais conhecido como Davi. 
Jasmine tem uma amiga chamada Nina que sempre a apoia e esta sempre junta dela e também tem umas "inimigas" que são a Alice e a Giovana que acabam armando para cima de Jasmine muitas e muitas vezes. 
O conto da Bruna é encantador e meio que retrata situações que acontecem muito na vida escolar de adolescente como "fofocas" que você vai descobrir lendo o livro.


Amor de carnaval - Thalita Rebouças


Eu sempre acompanho os livros que a Thalita publica por que realmente sou muito fã dela, e o conto dela é super divertido! 
O conto apresenta Inha, que na verdade se chama Flávia, Inha é só um apelido (que veio de Campainha pois ela costumava apertar as campainhas de todos e saia correndo quando era criança). Inha tem 17 anos e está na praia com suas amigas Tati e Kaká. 
Mas muitas coisas acontecem e temos como sempre em todo livro da Thalita uma barraqueira que se chama Carrie Catherine Shy Goldenblat.
O conto é super divertido, na realidade todo conto da Thalita é divertido, tem sempre um pouco de romance, um pouco de comédia, de tudo um pouco e é isso que deixa os livro (e contos) dela sempre cativantes que fazem qualquer leitor se apaixonar".


Bom gente, espero que vocês tenham gostado da resenha. Tenho certeza que vocês vão amar todos o contos e vão querer mais! O livro é extraordinariamente cativante! 

Beijos e até o próximo post.

                                                                                 Paula.


Oi gente, tudo bem? Hoje eu vim com umas dicas básicas de como não perder um livro. Essa ideia surgiu na minha mente por que essas semanas eu perdi meu livro A Lista Negra já resenhado aqui no blog. Ainda não encontrei ele e tive que pegar outro emprestado para poder terminar a leitura. Neste post diferente eu vou dar algumas dicas para vocês não cometerem o mesmo erro que eu rsrs.

Então, vamos as dicas!


1. Não leve o livro que vocês está lendo no momento para escola.

Eu sempre levava meus livros para ler nos intervalos da escola ou quando acabava as provas, mas isso é um grande erro! Além de correr o risco de esquecer de baixo da classe, muitas vezes os colegas "queridos" mechem nas suas coisas e acabam rasgando ou amassando o livro e ninguém quer que seu livro novinho fique rasgado ou amassado não é?


2. Quando acabar de ler a sua cota, guarde o livro no lugar para depois pegá-lo novamente para ler.

Essa dica é uma das mais importantes! Muitas vezes nós leitores costumamos ler um pouco do livro e depois colocá-lo de baixo do travesseiro, ou durante o dia deixar ele em algum lugar para depois ler novamente. O problema é que podemos, sem perceber, perder o livro ou alguém guardar ele em algum lugar e você ficar que nem louco procurando pelo livro.


3. Não empreste para alguém desorganizado.

Vamos ser sinceros, a maioria de nós, neuróticos por livros sempre ficamos com o coração na mão na hora de emprestar algum livro ou as vezes até inventamos desculpas bem esfarrapadas do tipo minha mãe não deixa. No caso de ter acabado as suas desculpas e ter de emprestar mesmo o livro cuide bem para ver se a pessoa não é desorganizada, pessoas desorganizadas tem tendência em perder as coisas, até eu mesma já emprestei um livro do Rick Riordan e ele sumiu! Nunca mais apareceu. Atenção!!!


4. Não guarde os livros em lugares difíceis de encontrar.

Realmente, quem nunca escondeu um livro do qual ama muito para que ninguém mais pegue? Quem nunca fez então nem pense em fazer! Você mesma pode acabar se esquecendo da onde escondeu o livro, pode ser nos lugares mais escondidos só para que ninguém pegue, mas as vezes nós mesmo acabamos esquecendo onde colocamos.


5. Não deixe o livro largado em qualquer lugar.

Essa dica é quase a mesma coisa que a dica número dois. Não deixe o seu livro largado em qualquer lugar, sempre guarde-o no lugar devido. Não deixe em qualquer lugar, pode esquece-lo em tal lugar, acabar perdendo e nunca mais ver o seu precioso.


Bom gente, espero que vocês tenham gostado das dicas! Agora acho que fica difícil perder os livros não é? Beijos e até o próximo post!


                                                                              Paula.

Livro: A Lista Negra
Autor (a): Jennifer Brown
Editora: Gutenberg
Páginas: 272
Avaliação: 5/5

Sinopse: "Abril. Um mês que, inevitavelmente, será sempre lembrado pelo horror de massacres ocorridos em escolas por jovens: 20 de abril de 1999, Columbine, Estados Unidos; 26 de abril de 2002 , Erfurt, Alemanha; 16 de abril de 2007, Virginia Tech, também nos EUA; e 7 de abril de 2011, Realengo, Brasil. Além desses, muitos outros já ocuparam os noticiários do mundo inteiro, chocando pela violência com que jovens assassinam seus próprios colegas. É com um noticiário como esse que o romance A lista negra abre suas páginas. Lançado agora no Brasil pela Editora Gutenberg, a obra Jennifer Brown é uma ficção que mergulha no mundo juvenil repleto por situações marcadas pelo bullying, preconceito e rejeição.
Essa é a história de Val e Nick. Eles são dois adolescentes que se conhecem no primeiro ano do ensino médio e se identificam de imediato. Val convive com pais ausentes, que brigam o tempo todo e só criticam suas roupas e atitudes. Nick tem uma mãe divorciada que vive em bares atrás de novos namorados. Os dois são alvo de bullying por parte de seus colegas do Colégio Garvin. Nick apanha dos atletas e Val sofre com os apelidos dados pelas meninas bonitas e populares. Ambos compartilham suas angústias num caderno com o nome de todos e tudo que odeiam, criando um oásis, um local de fuga, um momento de desabafo, pelo menos para Val. Já Nick não encara a lista e os comentários como uma simples piada. Há alguns meses, ele abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista das pessoas e das coisas que ela e Nick odiavam. A lista que ele usou para escolher seus alvos".


Oi gente, tudo bom? Hoje eu vim com a resenha de A Lista Negra, um livro pelo qual eu me apaixonei e não quero nunca mais desgrudar.

O livro apresenta Val e Nick, dois adolescentes que se conhecem no ensino médio e começam a ter um relacionamento. O fato é que os dois adolescentes sofrem bullying por colegas do Colégio Garvin. Eles então, compartilham suas angústias em um caderno com o nome de "lista negra" no qual eles escrevem tudo e todos que odeiam, é como se desabafassem no caderno. Val encara apenas como um desabafo de todo o bullying sofrido no dia, mas Nick encara de outra forma bem diferente.

Em uns meses atrás, Nick matou vários colegas de aula e alunos do Colégio Garvin na cantina da escola com uma arma. Os alunos que Nick matou eram todos que estavam na lista negra. Val não sabia que seu namorado pensava em assassinar alguém, Val salvou uma colega que a maltratava mas mesmo assim, foi culpada pela tragédia por ter ajudado Nick a criar a lista negra.


"Como sempre há tempo para dor, também sempre há tempo para a cura. É claro que há".


Com o título "A Lista Negra" eu bem que cheguei a pensar em um livro assustador ou algo do tipo, mas realmente é um romance que consegue captar a atenção do leitor do início até o fim.
O livro é dividido em quatro partes e os capítulos são bem curtinhos e no início de cada um tem uma manchete do jornal falando sobre o que aconteceu com certa vítima ou depoimentos de testemunhas que assistiram ao massacre de perto. O livro também é dividido entre o presente de Valerie e o passado, quando Nick matou as pessoas que estavam na lista negra.

Valerie costumava fazer piadas mortíferas em relação as pessoas que maltratavam-na e maltratavam seu namorado Nick, mas o que ela menos esperava era que Nick levava tudo a sério e o fazia pensar mais e mais em relação ao massacre.
É bem doloroso acompanhar a vida de Val depois do massacre, tudo pelo que ela tem de passar, a coragem dela de voltar para a escola e enfrentar tudo que vier pela frente encanta ao leitor,

A autora conseguiu abordar assuntos importantes como bullying, suicídio, homicídio e problemas familiares. Ela conseguiu desenvolver esses assuntos sem deixar uma leitura pesada ou uma leitura que te faça bocejar no meio do livro ou até mesmo abandoná-lo, ao contrário, te deixa cada vez mais entusiasmado para saber o que acontece depois.
Foi muito legal a autora abordar o bullying na escola para mostrar que muitas vezes o bullying pode levar a algo muito extremo que as vezes nem imaginamos que aquela pessoa seria capaz de fazer.

A Lista Negra deveria estar em todas as bibliotecas, livrarias e escolas para, além de incentivar a leitura com temas extremamente importantes, mostra aos adolescentes que fazem pré-julgamentos ou colocam apelidos nos colegas de proposito ou não, que pode levar esta pessoa a cometer algo no momento que não seria tão agradável.

Eu me apaixonei pelo livro, e olha que eu levava ele para todo lugar, quem segue o blog no twitter pode ter visto os twetts sobre a perda deste livro :( Sim, eu o perdi, deixei de baixo da classe da escola e ainda não o encontrei, mas vou continuar procurando rsrs.

Espero que tenham gostado da resenha! Beijos e até o próximo post!


                                                       Paula.

Livro: O Retorno do Jovem Príncipe 
Autor (a): A.G Roemmers
Páginas: 109
Editora: Fontanar 
Ano: 2011
Avaliação: 3/5

Sinopse: "Ao viajar sozinho no vazio da Patagônia, um homem maduro encontra um adolescente desacordado e o socorre. Quando o rapaz acorda, o homem percebe que não se trata de um jovem qualquer, mas de um famoso príncipe que cresceu e resolveu revisitar o planeta Terra. Os dois viajantes embarcam num diálogo denso que aborda as grandes questões existenciais. Assim, a viagem de carro se transforma em uma autêntica trajetória espiritual, que abrange a transição da inocência à maturidade, do cotidiano ao transcendente e da tristeza à alegria". (Sinopse do blog Cantina do Livro)


Oi gente tudo bom? Semana passada eu estava arrumando minha estante e encontrei este livro da sequência de O Pequeno Príncipe. Como eu ainda não tinha lido este, decidi ler e resenhar pra vocês! 

O livro é narrado por um homem que está viajando em seu carro pela Patagônia, quando encontra um jovem deitado no meio da estrada. O jovem com diversas dúvidas começa a conversar sobre como enfrentar os seus problemas, crescer no amor para ser feliz, ter mais carinho por animais do que por maquinas entre outros assuntos.

Em meio a tantas perguntas, cada um vai ensinando o outro, o jovem príncipe cativa o leitor com ensinamentos que são resumidos em apenas gestos.


"Você deve perdoar o fato de que a primeira reação das pessoas é julgar alguém por seu aspecto externo"

Percebemos que neste livro, "O Pequeno Príncipe" volta para terra como "O Jovem Príncipe", sendo assim, ele volta para terra como adolescente.

O livro é baseado nas perguntas que o Jovem Príncipe fazia na sua primeira vez na terra, mas a diferença é que as perguntas estão mais profundas pelo fato dele ser um adolescente.
Ele volta para terra por que ficou decepcionado com seu amigo aviador, pois abriu a sua caixa e lá dentro tinha um carneiro, então voltou para a Terra para descobrir o porque foi enganado.

Então, apesar de ser uma homenagem maravilhosa ao clássico de Saint- Exupéry, não tem todo aquele encanto que o personagem original tem. 
O livro é encantador cheio de poesia e filosofia, cada um dos personagens, tanto o Jovem Príncipe, tanto o viajante nos ensinam muitas coisas e nos fazem refletir sobre essas coisas.


"Às vezes, sem perceber, nós, adultos,  jogamos com os mais profundos sentimentos das crianças e destruímos coisas muito mais valiosas que qualquer objeto que elas possam quebrar".

Mesmo que o livro não tenha o encanto de O Pequeno Príncipe, ele acaba tendo um encanto diferente, que de qualquer maneira cativa o leitor e o prende cada vez mais. Você não vai querer parar de ler o livro, vai querer levá-lo junto a você o tempo inteiro, aonde for, para pelo menos ler só um capítulo de tão encantador que ele é.

Bom gente, espero que vocês tenham gostado da resenha de hoje! Beijos e até o próximo post! <3


                                                          Paula.

Oi gente! Tudo bem? Hoje começou o mês de maio, mês das mães, mês dos trabalhadores e mês do meu aniversário!!! Eu vim com um post sobre os livros que eu comprei em Abril. Vou começar a postar os livros que eu compro ou ganho de todos os meses para vocês ^^
Esse mês eu acho que finalmente fali! Comprei livros de mais, tentei me segurar em alguns momentos mas não contive a fascinação pelos livros rsrs. Então, vamos ver os livro!


Primeiro: Um ano Inesquecível


Um livro de quatro autoras! Paula Pimenta, Babi Dewet, Bruna Vieira e Thalita Rebouças! "Dizem por aí que os melhores momentos da vida são vividos na adolescência. Os primeiros amores, os encontros, as festas, as viagens, as surpresas... E são sempre os instantes inesperados que transformam um dia comum em uma lembrança especial, daquelas que nunca deixarão de nos acompanhar. Este é um livro sobre esses momentos doces e sensíveis que não se apagam da memória tão facilmente. Quatro contos, em quatro estações do ano, sobre jovens que passam por vivências e sentimentos intensos. Paula Pimenta nos leva em uma viagem de inverno. Babi Dewet conta como um outono pode mudar tudo. Bruna Vieira mostra a paixão brotando com a primavera. E Thalita Rebouças narra um intenso amor de verão. Histórias de um ano inesquecível que vão ficar para sempre!"

Comprei este livro no final do mês na Saraiva.



Segundo: Capitão América: Guerra Civil


Sim gente! Existe o livro de Guerra Civil! Até fiz um post aqui no blog sobre isso. Eu ainda não li este livro por que eu estava esperando lançar no cinema haha, mas estou me segurando pra não lê-lo, aliás, já li dois capítulos e tive que esconder pra eu não ler rsrs.
"A épica história que provoca a separação do Universo Marvel. Homem de Ferro e Capitão América: dois membros essenciais para os Vingadores, a maior equipe de super-heróis do mundo. Quando uma trágica batalha deixa um buraco na cidade de Stamford, matando centenas de pessoas, o governo americano exige que todos os super-heróis revelem sua identidade e registrem seus poderes. Para Tony Stark - o Homem de Ferro - é um passo lamentável, porém necessário, o que o leva a apoiar a lei. Para o Capitão América, é uma intolerável agressão à liberdade cívica. Assim começa a 'Guerra Civil'." Este livro eu comprei bem no início do mês em uma livraria do shopping da minha cidade, Livraria Santos.


Terceiro: O Duque e Eu


Esse livro eu li a um tempo já, mas não era meu então eu não resenhei (por que eu ainda não tinha o blog) e decidi esperar comprar o livro. Agora que eu comprei, eu pretendo ler novamente e resenhar por que eu acho isso melhor pelo fato de relembrar de algumas coisas no livro. "Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo. Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta. Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida".


Quarto: A Lista Negra


Esse livro eu comprei ontem, sério mesmo, comprei ele ontem. Já comecei a ler e olha que já estou acabando. Hoje não foi um dia corrido então eu li o livro bastante a tarde e já estou no final.
"Essa é a história de Val e Nick. Eles são dois adolescentes que se conhecem no primeiro ano do ensino médio e se identificam de imediato. Val convive com pais ausentes, que brigam o tempo todo e só criticam suas roupas e atitudes. Nick tem uma mãe divorciada que vive em bares atrás de novos namorados. Os dois são alvo de bullying por parte de seus colegas do Colégio Garvin. Nick apanha dos atletas e Val sofre com os apelidos dados pelas meninas bonitas e populares. Ambos compartilham suas angústias num caderno com o nome de todos e tudo que odeiam, criando um oásis, um local de fuga, um momento de desabafo, pelo menos para Val. Já Nick não encara a lista e os comentários como uma simples piada. Há alguns meses, ele abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista das pessoas e das coisas que ela e Nick odiavam. A lista que ele usou para escolher seus alvos.


Bom gente, estes foram os livros que eu comprei no mês de abril! Esperam que tenham gostado! Beijos e até o próximo post!


                                                      Paula.

Tecnologia do Blogger.